Personal Flyer o que os pilotos fazem se um motor falhar?

Perda de empuxo - a maioria das aeronaves comerciais modernas incorpora dois motores em seu projeto. A perda de um motor, portanto, resulta na perda de 50% do empuxo disponível. Essa perda de empuxo geralmente resultará em: Incapacidade de manter a altitude planejada - a descida para um n[ivel mais baixo será necessária.



Todos os pilotos são treinados a respeitar uma regra básica de aviação, independentemente da gravidade de qualquer evento aéreo. Isso é resumido pelas palavras; voar, navegar e comunicar.


1 - Voar a aeronave estabilizando a atitude da aeronave, escolher para onde irá em seguida e após, comunicar com o contrôle de voo da área voada as intenções.


2 - O cerne disso é garantir que a tripulação de voo priorize o voo da aeronave primeiro. Isso é, garantir que a aeronave esteja totalmente sob controle antes de verificar ou corrigir sua rota de navegação e garantir que ela esteja voando para onde os pilotos querem que ela voe.


3 - Logo em seguida é efetuada a comunicação das informações relevantes a todas as partes apropriadas, começando com o Controle de Tráfego Aéreo.

Os pilotos irão definir o novo plano e uma nova rota será traçada para levar o voo em segurança ao seu novo destino.


Importante enfatizar que todos esses itens acima acontecem entre 30 e 45 segundos após a falha do motor. Essa é uma das falhas mais treinadas por pilotos em todo o mundo.


Qualquer avião consegue voar com 1 motor se estiver dentro dos limites de peso estabelecidos pelas fábricas. Na aviação comercial praticamente nunca excedem esses limites.