Se o avião perder os dois motores no caso de um bi-motor, ele cai?

Não cai!

Técnicamente o avião nunca cai. Para acontecer uma queda, o avião tem de perder uma superfície de voo, o que aconteceu raríssimas vezes. A explicação é muito simples. A maioria dos acidentes se dá por problemas na decolagem, choque de um com o outro no ar, explosão a bordo, perda de superfícies aerodinâmicas, choque com montanhas (este o mais comum) ou derrubado por algum tipo de míssil ou bomba à bordo. Você pode tentar lembrar, se conhece algum tipo de acidente diferente desses descritos acima. Claro que poderá haver uma ou outra exceção, mas na maioria das vezes é isso o que ocorre.

Com a perda dos dois motores, o avião irá iniciar um voo planado, e para isso, tem de manter uma velocidade mínima, conseguida através da razão (ângulo) de descida que terá de usar. Tal como num carro, o avião desce uma ladeira imaginária, mas ao mesmo tempo pode mudar sua inclinação. Assim, mantém esse ângulo, que resultará numa velocidade constante, pois a massa estrutural do avião está descendo. Isso gera uma velocidade que o mantém voando, como se estivesse descendo para pousar em um aeroporto. Quanto maior o ângulo de descida, maior a velocidade. O piloto nessas horas procura achar o angulo ideal, para manter a velocidade e o ângulo mínimo de descida, que resultará no maior alcance possível.

As manobras de descida com ou sem motor são exatamente iguais. A diferença é que sem motor, o avião não poderá parar de descer, e com isso terá que pousar em algum lugar. Sem motor a aeronave tem de vir direto para o pouso na pista. É claro que se estiver voando em um terreno montanhoso, as possibilidades de se encontrar um lugar plano para pousar se tornam mais remotas, mas de qualquer forma a maioria dos lugares tem sempre uma área em que o avião poderá tentar seu pouso de emergência.

A distância percorrida nesse procedimento vai depender da altitude em que acontecer o problema. Como um avião em seu nível de cruzeiro voa no mínimo a uma altitude de 13.000 metros, ele terá seguramente um raio de 120 a 150 km onde terá que iniciar sua descida à procura de um lugar para pousar.

Com certeza será um pouso em segurança, mesmo sem os motores estarem funcionando.

Imagens da internet.

Personal Flyer © 2005 - 2023 

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon